terça-feira, 13 de julho de 2010

Estranhas no Ninho

Esse post também poderia se chamar "Brasileira não tem noção das coisas?".
Costumo dar uma lidinha básica em blogs politicos, e ao visitar um, acabo
 percebendo que ao lado existia a propaganda de um site de relacionamento para árabes, chamado ArabLounge. O troço é mais ou menos naquele esquema: Tá solteiro? É a vergonha da familia? Sua mãe não te deixa sair com infieis (lembrei do arkmed gritando "infidels")? Pois seus problemas acabaram-se!!!
Lá no respectivo site tem milhares de mulheres árabes prontas para o casamento!
O site é tão bonzinho, mas tão bonzinho, que te deixa fazer uma primeira busca, sem você se cadastrar. E é ai que a porca torce o rabo...
O site faz a busca direcionada ao teu ip. No caso, vai fazer uma busca por brasileiras. Não há nada de errado com mulheres árabes vivendo no Brasil, ou filhas de árabes. Mas e quando encontramos mulheres que não são tem caracteristicas que o site oferece? Tipo, brasileiras, que de contato com a Árabia só tiveram a novela da globo??
Duvida, olha só?
                                               Clica ai que aumenta

Ulha só, alemã com outra coisa, de origem brasileira! Não, meus olhos  devem estar errados, preciso de um colirio (não os da Capricho, claro) pois deve ser a unica moça que não leu a proposta direito...

A unica explicação que eu tenho é: O desespero feministico tá grande. Enorme, eu diria. Alias, tá estratosferico! Ao ponto de se cadastrar em um site no qual você não se encaixa na proposta! Afinal, pra se encontrar o grande amor, vale tudo! Aposto que a alemã com qualquer outra coisa lá do começo deve estar no chinese womans finder, ou qualquer outro site casamenteiro de nicho por ai.
O que sobra é a decepção do pobre rapaz árabe que se encantou com a seguinte propaganda...

3 comentários:

Fábio Pedro Racoski disse...

São consequências da globalização do "estar a perigo"!

Angely Greghi disse...

Tipico comentário machista aff.

José Carlos Kayser disse...

Já visitei vários desses sites. É sempre a mesma coisa: "adoro viajar", "gosto de ir a restaurantes". Se amor é consequência, que procurem um patrocinador. Aliás, o nome desses sites deveria ser ENCONTRE SEU PATROCINADOR!